.: Vizinhança do Chaves :. DEFINITIVAMENTE CHESPIRITO. Chaves e Chapolin

O portal sobre Chespirito mais atualizado do Brasil

Ramón Valdés completaria hoje 93 anos, caso estivesse vivo

Seu Madruga (Ramón Valdés)

Há exatamente 93 anos, no dia 2 de setembro, nascia um dos maiores comediantes da TV, que conquistou todo o mundo. Ramón Valdés nasceu no ano de 1923, filho de Rafael Gómez-Valdés Angellini e de Guadalupe Castillo, Ramón foi o sétimo de dez filhos do casal.

Seus irmãos Germán Valdés “Tin Tan”, Manuel “El Loco” Valdés e Antonio “Ratón” iniciaram suas carreiras no cinema, na década de 40, mais tarde ele seguiu o mesmo caminho dos irmãos. Antes de ser ator, Ramón fez diversos trabalhos. Sua estreia no cinema foi no filme Calabacitas Tiernas (¡Ay qué bonitas piernas!), de 1949. Daí em diante, Ramón foi se tornando sucesso nas telas do cinema.

Na década de 60, ele atuou em um filme de Viruta e Capulina, na qual Chespirito era o roteirista. Depois disso, ele foi convidado por Chespirito para atuar na televisão com ele, e, em 1969, ele foi um dos integrantes do quadro Los Supergênios de la Mesa Cuadrada. Junto com Roberto, também tinha Maria Antonieta de las Neves e RubÉn Aguirre.

Depois, em 1971 ele começou a fazer sucesso como Seu Madruga, no seriado “Chaves“, na qual Ramón era uma das estrelas do programa. Também marcou com seus heróis e vilões em “Chapolin“, como Super Sam, Tripa Seca, Racha Cuca e Alma Negra. Também fez sucesso como o ladrão Peterete, da esquete Los Caquitos.

Saiu das séries em 1979, por exaustivas intervenções de Florinda Meza no seriado. Assim, passou a atuar com seu amigo, Carlos Villagrán, nas séries feitas por ele na Venezuela, e se dedicando bastante a seu circo. Depois, em 1981, volta ao seriado, agora como Programa Chespirito, na qual Ramón voltou a fazer seus personagens. Neste mesmo período, descobriu que tinha um câncer, mas isso não interferiu em seus trabalhos. Mas no fatídico dia 9 de agosto, morreu aos 64 anos, de uma parada cardiorrespiratória.

Até hoje Ramón é consagrado e adorado pelos fãs dos seriados Chaves e Chapolin. Ele era querido tanto pelos colegas de trabalho quanto pelos fãs do personagem, era grande amigo principalmente de Edgar Vivar, Angelines Fernández, Maria Antonieta de las Nieves e Carlos Villagrán. Hoje seu corpo está sepultado no Mausoleo del Ángel, em Cidade do México.

Obrigado, Ramón, por até hoje divertir o mundo pelos seus grandes personagens cômicos, descanse em paz!

Texto: Mão de Tinta | Imagem: arquivo

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: