.: Vizinhança do Chaves :. DEFINITIVAMENTE CHESPIRITO. Chaves e Chapolin

O portal sobre Chespirito mais atualizado do Brasil

Cadê a boa vizinhança?: Chiquinha não faz mais parte da vizinhança de Chespirito hoje em dia

O dia dos namorados (1979).MP4_snapshot_19.12_[2016.08.13_11.48.58]

Hoje, queridos vizinhos, vamos falar de uma intriga que tirou um nome marcante do elenco no final das gravações, a briga entre Maria Antonieta de las Nieves e Chespirito

Pra variar, a maioria das intrigas envolvem Roberto Gómez Bolaños, pois ele era o “cabeça”, a estrela que comandava o elenco que atuava nos programas. No início dos anos 90, os atores estavam começando a ficar cansados e velhos, uma coisa que não correspondia mais com a “juventude” que as histórias precisavam. Por mais que essa tal juventude “nunca morrerá”, segundo uma certa música, os atores precisavam ser poupados. Foi então que, em 1992, eram exibidos os últimos esquetes definitivos de Chaves e Chapolin no “Programa Chespirito” (conhecido no Brasil como Clube do Chaves).

Segundo Maria Antonieta de las Nieves, a intérprete de Chiquinha – numa coletiva de imprensa quando veio ao Brasil em 2011 – quando foi gravado o esquete “Aula de inglês” os atores ainda não sabiam que era o último programa de Chaves, pois Chespirito ainda não havia lhes contado. Dois ou três meses depois do final, Maria teria achado estranho e o perguntou quando voltariam a gravar o programa. Bolaños teria respondido: “Nunca. O Chaves acabou.“. De Las Nieves não concordou com sua atitude, e o avisou que queria continuar a trabalhar com Chiquinha. A partir daí, começaram as brigas envolvendo a personagem mais esperta da vizinhança de Chaves.

O velho do saco, primeira parte (1978).MP4_snapshot_03.39_[2016.08.15_19.27.18]

Chiquinha deixou de ser propriedade de Chespirito e não aparece no desenho animado.

Em 1994, na Televisa, foi ao ar o seu programa solo “Aquí está la Chilindrina“, que teve apenas 16 episódios. O programa deixou de ser exibido, porque Chespirito não teria permitido. Tanto que, o programa ia ao ar somente com Roberto Gómez Bolaños creditado como propriedade intelectual da personagem. Mais tarde, Maria Antonieta moveu um processo contra Chespirito que durou até 2013, ano em que saiu nos sites e nas revistas sua vitória, que daria os direitos totais de imagem de Chiquinha. Com isso, Chiquinha não aparece mais no desenho animado e nos produtos licenciados da série, já que todos são personagens registrados com o nome de Roberto Bolaños.

Entenderam agora o título do post? Chiquinha realmente está desaparecendo, como disse Maca Rotter em uma ocasião, e atualmente é como se ela não fizesse mais parte da vila. Mas, ainda sim, nas gravações antigas e em nossos corações, ela continua viva. E a partir do próximo post, vamos falar sobre a atual e difícil relação entre os atores. São alfinetadas, podres, lembranças feias, muitas coisas. Inclusive, também vamos falar sobre o atual posicionamento de Florinda Meza em luto a seu ex-marido, e porque muitos fãs dos seriados não gostam dela. Isso, brevemente.

Até lá!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: