.: Vizinhança do Chaves :. DEFINITIVAMENTE CHESPIRITO. Chaves e Chapolin

O portal sobre Chespirito mais atualizado do Brasil

O riso que ecoa pelas ruas

O riso que ecoa pelas ruas vem da tela da televisão. Todas as tardes o SBT apresenta Chaves, para deleite de crianças, adultos e idosos. Seja um rico executivo ou uma pobre criança das periferias latinas, ambos estão unidos pelo humor de Roberto Gómez Bolaños. É uma dádiva! Apenas um gênio poderia criar tal fenômeno.

Chaves, Chapolin, Dr. Chapatin, Chaveco. Eis o criador: Roberto Gómez Bolaños. Ele nos deixou hoje, aos 85 anos. Chespirito teve uma carreira sempre em ascensão. Tendo perdido o pai ainda pequeno, teve uma infância pobre na Cidade do México. Estudou Engenharia, desistiu do curso para se dedicar à carreira de redator, redigiu programas de humor, cresceu, criou inúmeros personagens, fez seu programa ser assistido em toda a América Latina e continuou sendo notícia até a velhice. Nos últimos anos, infelizmente, as notícias que saiam eram sempre relativas às suas doenças.

Uma retrospectiva da carreira de Roberto Gómez Bolaños apresenta um humor circense e pastelão, calcado nas reações físicas e nos bordões. Foi esse humor que cativou de crianças a idosos em inúmeros países. Seja em espanhol, português ou até mesmo italiano, Chaves e Chapolin fizeram a alegria de povos pobres e sofridos. O alegre povo mexicano, mesmo combalido por todos os problemas nacionais, foi fielmente apresentado nas criações de Chespirito.

A morte de Chespirito deixa um legado. O humor sem apelações, para todos os públicos, ainda prevalece nos tempos atuais. Basta conferir nas escolas e ruas. Suas obras continuam encantando as novas gerações. E isso continuará muitos anos. Apesar de não estar mais presente em vida, Chespirito é imortal. Sua obra continuará presente por muito tempo nos corações de seus fãs e admiradores, ou até mesmo do espectador comum que simpatiza com seus personagens.

O riso continuará ecoando pelas ruas de toda a América Latina. Por que? Chespirito é imortal! Que descanse em paz! (ou em pança, como diria o Quico)

Por Ítalo

Chespirito falece - Chaves morreu (1929-2014) cobertura completa - Vizinhança do Chaves

Os comentários estão desativados.

%d blogueiros gostam disto: