.: Vizinhança do Chaves :. DEFINITIVAMENTE CHESPIRITO. Chaves e Chapolin

O portal sobre Chespirito mais atualizado do Brasil

ATUALIZADO: Paródia do Chaves causa polêmica. Intérprete da Chiquinha desiste de processar produtores.

El Chico del Barril - Paródia do Chaves com cenas violentas e de sexo - imagem reprodução - 01

Atualizado em 22/11 às 22h37.

Dia 06/07/2014, o canal do Youtube enchufetv, equatoriano, publicou um vídeo de uma paródia do seriado “Chaves“. O roteiro traz uma livre adaptação da série, trazendo-o a um contexto de filmes de ação e suspense. O vídeo, de cerca de quatro minutos, simula um trailer do filme imaginário “El Chico del Barril“, uma adaptação do seriado “Chaves” com características que fogem da essência dos personagens, como insinuação de sexo e uso de armas, tal como ocorre em filmes do tipo que a paródia quer remeter.

Logo no início do vídeo, uma mensagem diz que trata-se de uma homenagem a uma das maiores referências da comédia para os idealizadores da paródia. E, realmente, os criadores do vídeo parecem gostar de “Chaves” e “Chapolin“. Quem assistir o vídeo com atenção irá reparar referências às séries, além das que saltam à vista, como frases clássicas da série trazidas a um novo contexto.

El Chico del Barril - Paródia do Chaves com cenas violentas e de sexo - imagem reprodução - 02

Enquanto muitos fãs da série compreenderam a paródia, aprovando a liberdade de adaptação do seriado clássico, o filho de Chespirito, Roberto Gómez Fernández deseja que o vídeo seja retirado do ar. Em entrevista à Rádio Formula, do México, disse que seu pai, criador das séries “Chaves” e “Chapolin”, ainda não ficou sabendo do vídeo, e que prefere que seja assim. Fernández também disse: “Estão lucrando com os personagens. A primeira etapa é tirar o vídeo do Youtube, algo que já está em processo. Não é imediato, tem implicações legais”.

El Chico del Barril - Paródia do Chaves com cenas violentas e de sexo - imagem reprodução - 03

Em menos de quatro dias, o vídeo já acumula quase seis milhões e quinhentas mil visualizações, e divide opiniões entre os chavesmaníacos. Rodrigo370, redator do Vizinhança do Chaves, disse que “Ficou bem engraçado. Eu curti, gostei porque acima de tudo ficou bem produzida. Ao contrário da maioria das paródias envolvendo CH, que são um lixo. E embora muita gente não goste, esse tipo de coisa não dá pra evitar, é consequência da popularidade de Chaves“. Leonardo, dono de uma página sobre Carlos Villagrán no Facebook, porém, disse que “O filme é massa mas ao mesmo tempo tira todo o encanto do Chaves que somos acostumados a ver desde pequenos, tá mais pra Tropa de Elite do que pra filme do Chaves, vamos ficar com o de sempre mesmo que é melhor!“.

Sobre a perda de essência de características da série, nosso colunista Riddle rebateu: “Foge muito menos da essência que viagens espaciais, ao Egito, Pópis dominatrix e outras porcarias que ele dá botão verde na Anima Studios“. São opiniões, a minha (Victor235) é a de que todos tem direito de fazer paródias desta série clássica, e que nesta categoria devem ter liberdade e criatividade para recriar a série em diversos contextos, o que até engrandece ainda mais o legado de Chespirito. Aliás, este vídeo em questão foi muito bem produzido. Assista ao vídeo, tire sua própria conclusão sobre a paródia e comente aqui no blog:

Outro lado

Segundo o Portal do Fórum Chaves, Andrés Centeno, produtor executivo da Touché Films, responsável pela criação do vídeo, rebateu as afirmações de Fernández: “De nenhuma forma estamos lucrando. É uma paródia, entra naquilo que está estipulado como uso justo das paródias. Estamos cumprindo tudo o que diz aquilo, não acreditamos que haja algo de copyright”. A Touché está dialogando com a Televisa para resolver a situação da melhor maneira possível, falou Centeno ao jornal El Telégrafo, do Equador.

Vale lembrar que esta não é a primeira paródia de “Chaves” e “Chapolin”. Muitississíssimas já foram feitas, algumas você pode relembrar aqui. Inclusive, com temática violenta, em “Black Madruga – The Chaves Avenger“, criada pelo pessoal de um programa da antiga MTV, e com cunho sexual, como o esquete da Chiquinha sexy, feito em um programa venezuelano. A diferença é que estas paródias não tiveram tanta repercussão, e acabaram não chamando atenção da família Bolaños.

Atualização em 11/07 às 17h47

A pedido da Televisa, alegando direitos autorais, o vídeo foi excluído hoje (11/07).

Atualização em 11/07 às 19h11

Algumas horas após o vídeo ter sido excluído, a Televisa retirou a advertência e o vídeo está disponível novamente.

Atualização em 22/117 às 22h37

A atriz Maria Antonieta de Las Nieves, que estava pensando em processar os produtores do vídeo, desistiu do processo. Leia mais.

Por Victor235 e Billy Drescher (atualizações). Imagens: reprodução.

O colunista Riddle publicou uma coluna com sua opinião sobre o assunto.

Anúncios

5 Comentários

    Trackbacks

    1. Paródias | .: Vizinhança do Chaves :. DEFINITIVAMENTE CHESPIRITO. Chaves e Chapolin
    2. Riddle Vemos, Colunas Não Sabemos #06 – No Tiene la Culpa el Indio Sino el Que lo Hace Fernández | .: Vizinhança do Chaves :. DEFINITIVAMENTE CHESPIRITO. Chaves e Chapolin
    3. Chiquinha chega ao Equador e já pensa em não processar a EnchufeTV | .: Vizinhança do Chaves :. DEFINITIVAMENTE CHESPIRITO. Chaves e Chapolin
    4. Vizinhança do Chaves completa três anos! | .: Vizinhança do Chaves :. DEFINITIVAMENTE CHESPIRITO. Chaves e Chapolin
    5. Retrospectiva CH 2014: JULHO | .: Vizinhança do Chaves :. DEFINITIVAMENTE CHESPIRITO. Chaves e Chapolin

    Deixe um comentário

    Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

    Logotipo do WordPress.com

    Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

    Imagem do Twitter

    Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

    Foto do Facebook

    Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

    Foto do Google+

    Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

    Conectando a %s

    %d blogueiros gostam disto: