.: Vizinhança do Chaves :. DEFINITIVAMENTE CHESPIRITO. Chaves e Chapolin

O portal sobre Chespirito mais atualizado do Brasil

Papo Chavesmaníaco: Rafinha

papodois

Olá leitores do blog Vizinhança do Chaves! Primeiramente quero agradecer pelos elegios que recebi nos fóruns após a publicação da entrevista de despedida com o Seu furtado e dizer que o nosso entrevistado de hoje no Papo Chavesmaníaco é o moderador global do Fórum Chaves Rafinha, que irá contar um pouco de sua história e identificação com o meio ch. Espero que gostem.

Will CH: Olá Rafinha! Primeiramente é uma honra entrevistá-lo pela coluna “Papo Chavesmaníaco” do blog Vizinhança do Chaves. Para começar a nossa conversa, conte-nos um pouco de como conheceu o meio ch.

Rafinha: Olá, gracias!

Primeiramente, como quase todo fã um pouquinhozinho veterano na web, fui descobrindo o mundo fantástico de Chespirito lendo os principais sites CH, como o CHBR e Chespirito Web. Mas ainda não tinha muito afinco com o meio CH; eram leituras apenas para saciar certas curiosidades sobre as séries e os atores. Minha participação mais ativa e presente começou no Orkut, em meados de 2007. Notava que nessa rede social havia muitas comunidades dedicadas às séries, e logo comecei a pesquisar as melhores. Descobri então a comunidade Volta Chapolin, a qual achava a de melhor qualidade, pois era a única que realmente tratava de assuntos sobre os seriados (as outras tinham o rótulo “CH”, mas os fóruns só abarcavam bobagens e joguinhos). O auge da comunidade Volta Chapolin foi na volta do Polegar à tela do SBT, em 2008. Lá, comentávamos exibição por exibição, fazíamos bolão, era bem legal. Tinha a mesma qualidade que o Fórum Chaves tem hoje. O único problema era o moderador de lá, que era um grande tirano…

Em 2009 surgiu o Fórum Chaves e em poucos dias me cadastrei. Mas não participava muito, pois ainda estava empenhado no Orkut. Só que de 2010 para 2011, a comunidade foi perdendo os principais membros e o vigor pouco a pouco, devido à crescente popularidade do Facebook. À vista disso, fui deixando a comunidade e participando com mais intensidade do Fórum Chaves. Fui evoluindo, evoluindo, evoluindo… Até que em abril de 2011 fui eleito o melhor usuário do mês em uma disputa acirrada com o Chavo. Um mês depois fui promovido a moderador do Bar do Chespirito, em que permaneci moderando por um ano, até virar moderador global em maio de 2012, cargo que ocupo até hoje.

W: Atualmente você é moderador global do Fórum Chaves, como é o seu relacionamento com os membros do fórum e com os chavesmaníacos em geral?

R: Relacionamento pacífico. Não tenho desavença com ninguém e nem procuro isso.

W: Prefere Chaves, Chapolin ou Chespirito?

R: Chapolin.

W: Uma cena que já te fez gargalhar:

R: A épica briga entre o Professor Girafales e Seu Madruga no episódio do chiclete no chapéu. Ou então Dona Florinda tentando subir no carrossel no episódio do parque de diversões.

W: Em meios aos compromissos pessoais, ainda assiste CH com frequência? De que modo? (tv, internet, dvd…)

R: Vou lhe confessar que, com tantas e tantas reprises e vários episódios diários de Chaves, comecei a cansar de assistir. Vejo pouco, no máximo uns 2 episódios por semana. Mas quando eu quero, eu assisto no meu acervo no HD ou no YouTube. Já Chapolin, é só saudades… Eu posso ver a qualquer hora no computador, mas assistir na tela do SBT é outro espírito.

W: Quais são as suas expectativas para a nova dublagem ch de inéditos relatada no blog do ilústre fã/dublador Gustavo Berriel?

R: Sabemos que nunca chegará aos pés da MAGA, mas espero que a dublagem fique a mais fiel possível. Estou torcendo.

W: Acredita que com o sucesso da volta dos perdidos e semelhantes e a consequente aproximação entre o SBT e os chavesmaníacos, o “Volta Chapolin 2013” tem mais chances de ser bem sucedido?

R: Pergunta difícil… Não sei o que se passa pela mente desse pessoal do SBT. Embora a emissora do Cenoura tenha cedido os EPs e ESs com um protótipo de valorização das séries, eu não enxergo isso com tanto romantismo. Para mim, o Chaves no SBT simplesmente é como uma plataforma para tapar os buracos da audiência. Com o Chapolin acredito que não seja diferente. Mas estou muito na torcida para que o Chapolin regresse o quanto antes com os novos velhos episódios.

W: O conteúdo das séries de Roberto Bolaños, especialmente Chaves, tem como característica especial a proximidade dos personagens com figuras típicas do nosso cotidiano, talvez esse seja uma das “chaves” do sucesso de CH. Com qual personagem da vila do Chaves você se identifica mais? Por quê?

R: Seu Madruga. Acho ele simplesmente fantástico, por isso que me identifico com ele. Digo…
Identifico-me com ele por, apesar dos apesares, ele tem prazer na vida, tem caráter, princípios e compaixão para com os semelhantes e perdidos e é engraçado pra caramba.

W: É incrível como os brasileiros se identificam com o Seu Madruga…

W: Há alguns anos atrás, haviam rumores de que não haveria uma nova geração que desse conta do recado no meio ch. O que você está achando do sucesso do blog Vizinhança do Chaves e do surgimento de novos blogs e sites recentemente?

R: Eu muito pouco frequento sites CH. Somente o Fórum mesmo. Mas mesmo não acessando, vejo a grande popularidade que o Vizinhança do Chaves está atingindo. É, sem dúvida, o blog/site com mais dedicação e empenho em tempos correntes.

W: Ultimamente os atores CH e suas famílias têm se aproximado, e muito, dos fãs por meio de veículos como o Fórum Chaves e o Fã-Clube Chespirito Brasil. Na sua opinião, qual a importância disso?

R: Imensa! A presença dos atores e o reconhecimento deles pelo Fórum e os outros veículos aplicados às obras de Chespirito só faz fortalecer e consolidar com muito prestígio e credibilidade o meio CH.

W: Para terminar, se um dia pudesse encontrar Chespirito pessoalmente, o que diria a ele?

E: Não sei se iria conseguir falar. Começaria a gaguejar, hahah. Mas tentaria ao menos dizer que ele simplesmente foi o herói de minha infância e que a existência dele é um presente para a humanidade.

Obrigado pela entrevista!

Não tem por onde!

Anúncios

1 comentário

    Trackbacks

    1. Meio CH: Fórum Chaves completa quatro anos e lança site « .: Vizinhança do Chaves :. O portal sobre Chespirito mais atualizado do Brasil – Chaves e Chapolin

    Deixe um comentário

    Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

    Logotipo do WordPress.com

    Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

    Foto do Google

    Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

    Imagem do Twitter

    Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

    Foto do Facebook

    Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

    Conectando a %s

    %d blogueiros gostam disto: