.: Vizinhança do Chaves :. DEFINITIVAMENTE CHESPIRITO. Chaves e Chapolin

O portal sobre Chespirito mais atualizado do Brasil

Conversa com Mario Lucio de Freitas sobre experiência psicográfica com MAGA

Conversa com Mario Lucio de Freitas sobre MAGA

Mario Lucio de Freitas e Marcelo Gastaldi
Oi, como estão vocês? Bem, hoje mesmo eu conversei com Mario Lucio de Freitas, que foi fundamental para o sucesso de Chaves no Brasil, e ele me disse sobre a experiência psicografia que teve com Marcelo Gastaldi em um Centro Espírita (obviamente depois de seu falecimento) e recebeu uma mensagem do MAGA.

Na mensagem, MAGA dizia estar sabendo de tudo o que acontece atualmente no Brasil, pois ele ainda perambula por ai como qualquer outro espírito (pouco me importa se você acredita ou não) e Marcelo também “disse” que sabe de todo o sucesso que as séries CH continuam fazendo e fez um apelo para Mario.

Como todos sabem, recentemente a família de Gastaldi recebeu uma bolada por parte do SBT, por ordem da justiça, por conta dos trabalhos que o MAGA fez nas séries Chaves e Chapolin que são reprisadas exaustivamente até os dias atuais pela emissora paulista, e se pode dizer que Marcelo, mesmo morto, deu certa ajuda por conta da mensagem que enviou e foi reproduzida graças ao psicografo.

Mario contou que até hoje não divulgou a mensagem à pedido da família de Gastaldi, que por conta de ateus e evangélicos que existem por ai, podia virar motivo de gozação. Mas, me enviou algumas imagens da palavra “você” escrita por MAGA em um cartão de natal que enviou para sua esposa quando ainda eram namorados, e uma mensagem que escreveu e reproduzida pelas mãos do psicografo (que nem se quer sabia quem era Marcelo Gastaldi).

Ainda na conversa pelo Facebook, Mario me contou que na escrita do psicografo, Marcelo se referia a seu filho como “FILINHO”, como sempre escreveu quando se referia ao filho, e não “FILHINHO” como é o correto. Em algumas palavras, ele também colocava uma curiosa caretinha desenhada, e na mensagem do psicografo igualmente havia a caretinha. E também dava algumas “escorregadinhas” na sua escrita.

À seguir ficam as imagens da palavra “você” em que escreveu no cartão e na que escreveu pelas mãos do psicógrafo. (a letra mudou ao decorrer do tempo, óbvio)
Você escrito no cartão  (Você no cartão escrito por Gastaldi)
 
Você reproduzido pelo psicografo porém à pedido de MAGA (Você quando MAGA estava “controlando” o psicografo)

E então, acharam curioso? Agradeço ao Mario Lucio de Freitas que me autorizou divulgar as informações aqui contidas.

3 Comentários

  1. Marlene Gomes

    Meu Pai desencarnou ha dezoito dias. Ele tinha 102 anos, 10 meses e 7 dias. Uma neta dele que mora na Europa e acredita muito no poder da Espiritualidade confessa haver conversado com ele na Internet Orientada por uma pessoa , segundo ela, bastante evoluída dentro dessa doutrina. Não sei se realmente a é.Passou de dez a vinte minutos fazendo pergunta e obtendo respostas, na maioria delas. Queria, com profundo respeito, saber se com um tempo tão pequeno de desencarnado é possível ser verdadeiro essa visita? Como
    disse acima, possuo profundo respeito pelas coisas que diz respeito à Eternidade, mas certas circunstâncias me fazem ficar meio cético. Sou Católico e sempre que posso assisto secções mediúnicas. Sinto-me bem.

  2. Sara

    chorei amo mt ele tomara que agora q vai fazer 20 anos ele possa descançar de permabular por ai vou orar mt pra ele ficar em paz,. 🙂

Trackbacks

  1. Passe o tempo lendo as curiosidades do Vizinhança do Chaves « .: Vizinhança do Chaves :.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: