.: Vizinhança do Chaves :. DEFINITIVAMENTE CHESPIRITO. Chaves e Chapolin

O portal sobre Chespirito mais atualizado do Brasil

Papo Chavesmaníaco: Kvint

A coluna “Papo Chavesmaníaco” trará um bate-papo descontraído com fãs de Chespirito, em sua maioria membros dos fóruns parceiros do Vizinhança, o Fórum Único Chespirito e o Fórum Chaves. Essa coluna foi baseada no antigo “Chapapo”, mantida por Marco Maciel anos atrás em seu site. Nosso primeiro entrevistado é o Kvint.

Raphael Kvint, de Mariporã, São Paulo tem 26 anos e é técnico em informática. Se cadastrou no FUCH em Agosto de 2011, porém desde 2000 acessava a página do Cleotais, quando seu site tinha apenas um ano. Utiliza um avatar do episódio “O Radinho do Kiko” e interesse em ter todos os episódios de “Chaves” gravados do SBT pela parabólica sem cortes em sua coleção pessoal.

01. O que fez você gostar das séries CH? Gosta desde pequeno?
Kvint: Não sei o que me fez gostar, mas assisto desde pequeno. Faz parte da minha vida, assisto há mais de 20 anos.

02. Prefere Chaves, Chapolin ou Chespirito?
Kvint: É difícil dizer qual o meu preferido entre Chaves e Chapolin. Do Programa Chespirito eu gosto mas não com muita intensidade.

03. Qual o seu episódio preferido do Chaves? E do Chapolin?
Kvint: Pergunta difícil. Mas do Chaves sempre gostei de “O Aniversário do Seu Madruga”. O “Chapolin” faz tempo que não vejo, não passa na parabólica, mas gosto de “O Ladrão de Selos” e “A Mansão dos Duendes”

04. Você participa do “meio CH” há uma década. Porque decidiu voltar ao FUCH só agora em 2011?
Kvint: Por falta de tempo… Fiquei afastado até das exibições de “Chaves” na TV. Meu micro não era tão bom para capturar, mas quando eu soube da volta dos perdidos eu me animei e voltei ao meio CH.

05. Como você considera a exibição de “Chaves” pelo SBT atualmente? Ela já foi melhor antigamente?
Kvint: A exibição dos anos 90 não tinha corte algum. A de agora é a pior decepção para quem é fã e assistiu durante os anos 90. Principalmente a gente que sabe as falas de cor, chega na hora, esperamos a fala e vem o “maldito” corte.

06. Reconhece o SBT por ter voltado com 9 episódios perdidos ou acha que estão se aproveitando da situação agora que viram que eles dão audiência?
Kvint: Claro que estão, o próprio Murilo Fraga [diretor de programação do SBT] já me disse num e-mail: “Será que você não entende que televisão é estratégia? pra que vamos queimar estes episódios agora, sem nenhuma programação especial junto?”. Agora eles se deram conta da importância desses episódios e vão fazer muito mistério e polêmicas em torno dos demais perdidos. Pode levar um bom tempo para que todos sejam exibidos.

E quem quiser capturar, deve capturar agora, porque nunca se sabe quando alguém do SBT decide cancelar um episódio por problemas técnicos e é previsto que eles passem a sofrer cortes com o tempo. Quem quer deve capturar os episódios como se fossem a última exibição.

07. Você conversou com o Murilo Fraga e trouxe a várias pessoas a notícia de que pensam em voltar com mais perdidos. O que acha das “estratégias” citadas por ele?
Kvint: A volta de episódios em 2003 foram feitas sem conhecimento da importância deles. Exibiram tudo em uma semana, não anunciaram, e depois de 2 semanas, “Chaves” estava fora do ar por falta de audiência. Então são mais que óvias as estratégias, polêmicas e a demora pra exibir os perdidos.

08. Entende as outras “jogadas” da emissora ou acha que os “microcortes” e outras edições dos episódios são inúteis?
Kvint: Completamente inúteis, eu mesmo nesse tempo que deixei de assistir “Chaves” no SBT foi por esse motivo. Pra que assistir uma exibição cortada e sem sentido se é possivel assistir pela internet em melhores condições? Só que muitos fãs novos das séries mal percebem os cortes e não estão nem aí. Mas acho que a exibição sem cortes poderia dar um impacto melhor na audiencia de “Chaves” no SBT.

09. Da onde vem tanta dedicação em gravar e editar os episódios com trechos de várias exibições, para que fiquem completos em sua coleção?
Kvint: Para um dia não depender do SBT para assistí-los, ter raridades caso outros episódios se tornem “perdidos” (o que não é difícil de acontecer). Episódios completos de Chaves são muito solicitados, muito procurados pelos fãs! Ter episódios exclusivos, que poucos tem e com qualidade alta.

10. Acompanhou o episódio do “Chaves” gravado com os artistas do SBT? O que achou dessa ideia?
Kvint: Sim. Ficou até “engraçadinho”, mas eu particularmente não aguentaria muito tempo vendo outros do tipo, pode até ter sido feito como homenagem, mas deu uma certa audiência e vão repetir, e isso vai começar a se tornar “plágio” e não homenagem, será uma maneira do SBT fazer mais dinheiro às custas de Chespirito. Isso pode até dar problema na justiça por direitos autorais.

11. Se tivesse a oportunidade de trabalhar no SBT, o que mudaria lá?
Kvint: A atual exibição do “Chaves”. Eu queimaria todas as esdições com cortes e microcortes, colocaria os créditos finais, exibiria tudo que existisse nos arquivos e mudaria para a abertura anterior a essa que fizeram em 1993.

12. Qual emissora tem a melhor exibição de CH em sua opinião?
Kvint: O Cartoon Network, embora o áudio tenha um filtro que chega a distorcer falas e músicas e algumas propagandas que aparecem no meio da tela, é superior. Pois não corta, exibe os créditos, é uma exibição mais profissional. O SBT poderia até superar a exibição da Cartoon mesmo sem os créditos finais, mas isso se parassem com os cortes sem sentido. Exibições da TLN não vi muitos vídeos dela para poder julgar, mas deve ser similar à do Cartoon Network.

13. O que acha sobre os “episódios duvidosos”, que muitos já dizem ter visto? Já viu alguma raridade na TV que se lembra?
Kvint: Não, nunca. O “revolvinho do chaves” é o episódio mais comentado desde o surgimento de sites CH na internet, mas eu duvido da existência de todos eles. Alguém pode ter feito confusão com outras versões de episódios e tornado esses pequenos detalhes como os principais deles.

14. Do que gosta além de CH?
Kvint: Na TV também gosto de desenhos da Loney Tunes (os antigos), Pernalonga, Frajola, Coiote (a dublagem nova deles pelo SBT estragou), outros desenhos antigos como Pica-pau, Tom & Jerry, série Zorro da Walt Disney, que tambem desapareceu…

Gosto de informática e eletrônica, que é a área que atuo.

15. Costuma ouvir que tipo de música?
Kvint: Techno e dance.

16. O que achou do blog “Vizinhança do Chaves”?
Kvint: Maneiro, muito bom. Já está nos favoritos.

Obrigado pela entrevista. Abraço!

5 Comentários

  1. Muito boa essa sessão de entrevistas, parabéns!

    • victor235

      Obrigado, Professor Baratinha

Trackbacks

  1. Papo Chavesmaníaco: Cisko « .: Vizinhança do Chaves :.
  2. Resposta Dobrada: Vinícius Maux e VINICIUS-CH « .: Vizinhança do Chaves :. O portal sobre Chespirito mais atualizado do Brasil – Chaves e Chapolin
  3. Retrospectiva “Vizinhança do Chaves – Um Ano!” « .: Vizinhança do Chaves :. O portal sobre Chespirito mais atualizado do Brasil – Chaves e Chapolin

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: